Mercado consumidor

Com um território do tamanho do Reino Unido e uma população maior que a da Argentina e do Canadá (42 milhões de habitantes), o Estado de São Paulo abriga o maior mercado consumidor do Brasil graças ao nível socioeconômico da população, que possui o Produto Interno Bruto (PIB) per capita 50% maior do que a média nacional, possibilitando o acesso aos mais sofisticados bens de consumo.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e o IPC Marketing, São Paulo concentra R$ 761,492 bilhões em potencial de consumo da população, que conta com um rendimento anual médio de R$ 33 mil, enquanto 30% do total nacional conta com rendimento anual médio de R$ 16,5 mil (2012).

Cinco principais fatores apontados pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) consolidam o crescimento do mercado consumidor:

  1. O crescimento significativo do poder de compra da classe “C”;
  2. A população homossexual assumindo a sua orientação sexual e revelando um perfil de consumo voltado para seus gostos e necessidades;
  3. A população jovem mais consumista;
  4. Uma maior participação da mulher no mercado de trabalho;
  5. O aumento da população idosa. 

Para o Sebrae, o principal filão no mercado de consumo é a classe “C” e o crescimento significativo de seu poder de compra. As pessoas que se encontram nesse segmento não compram somente o que é necessário, mas também mostram interesse por produtos reconhecidos como de qualidade. Os setores que essa classe mais investe são tecnologia e educação.

Venha investir em São Paulo

A Investe SP está sempre pronta para atendê-lo de forma rápida, eficaz e gratuita. Saiba como a Agência Paulista de Promoção de Investimentos pode assessorar o seu projeto em Nossos Serviços ou entre em contato com nossos especialistas no Fale Conosco.