Automotivo

O Estado de São Paulo é pioneiro quando o assunto é automóvel no Brasil. O primeiro carro a circular no país chegou aqui pelo Porto de Santos. As primeiras montadoras de carros de passeio do país, Ford e GM, instalaram-se inicialmente na cidade de São Paulo. Juntando-se a Grassi que já montava ônibus no município. Os primeiros carros totalmente fabricados no Brasil também foram feitos no Estado, o pequeno Romi-Isetta na cidade de Santa Barbara D’Oeste e o Vemag-DKW na capital.

Atualmente São Paulo possui inúmeras empresas automotivas, distribuídas por diversas regiões do estado, que respondem por 46% dos veículos automotores produzidos no país. Em 2018, foram produzidos 1.331.100 veículos nas fábricas paulistas.

O Estado tem 29 unidades industriais dedicas a montagem de auto veículos, máquinas rodoviárias, motores e componentes. Esse número representa mais de 43% das fábricas do complexo automotivo do Brasil. As empresas com unidades em São Paulo são:

Caoa Chery, Caterpillar, CNH Industrial, Ford, General Motors (Chevrolet), Honda, Hyundai, John Deere, Komatsu, Mercedes-Benz, Scania, Toyota, Valtra, Volkswagen e Volvo.

Para que as empresas consigam produzir tantos automóveis são necessárias diversas peças. A cadeia de fornecedores de São Paulo é extensa e fornece partes paras a montadoras instaladas aqui e em outros estados. Das 590 empresas de autopeças instaladas no Brasil, 391 delas estão em solo paulista, isso representa 66% do setor.

Outro ponto forte do Estado na disputa global por investimentos e produção é a qualidade dos trabalhadores. Ao longo das décadas a indústria paulista conseguiu formar trabalhadores em todos níveis, que vão desde o operador de máquinas ao presidente executivo da empresa. Existem cursos universitários especializados na formação de profissionais para o setor como o curso de engenharia automotiva por exemplo. São Paulo concentra 51,65% do valor da transformação industrial (VTI) e 51,22% do pessoal ocupado do segmento de fabricação e montagem de veículos automotores, reboques e carrocerias nacional, conforme dados de 2016 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Além de uma indústria forte, temos um mercado consumidor grande. O número total de veículos automotores de 4 rodas licenciados em São Paulo ultrapassa os 22 milhões. Isso inclui carros de passeio, caminhões, ônibus, tratores e outros. Para atender os donos desses veículos é necessária uma rede de prestadores de serviços. O que gera uma infinidade de negócios: concessionárias, funilarias, lava-jatos, auto elétricas, oficinas mecânicas, e outros.

Os carros feitos em São Paulo não fazem sucesso apenas no mercado interno. Recentemente tivemos a retomada das exportações. Isso mostra que os automóveis feitos aqui estão em pé de igualdade com os produzidos em outras partes do mundo. E ao conquistarem os mercados de outros países deixam claro que é possível para as empresas produzir com menor custo e melhor qualidade em solo paulista.

E com relação às novas tecnologias? Carros autônomos, conectados ou elétricos, como está a indústria paulista? A indústria começa a dar os passos rumo às novas tecnologias. A empresa chinesa BYD, já monta ônibus elétricos na cidade de Campinas. A Toyota começará a montar, em Indaiatuba, um veículo elétrico híbrido que também roda com o etanol de cana-de-açúcar. A USP em parceria com a Scania tem trabalhado no desenvolvimento de um caminhão autônomo.

A InvestSP atua para que o setor continue sendo importante economicamente. Desde a sua fundação em 2008 até hoje, a agência deu suporte a diversas empresas do setor automotivo. Ao todo foram 37 projetos de investimento desse setor que contaram com o apoio da InvestSP. Essas companhias anunciaram um total de R$11,76 bilhões em investimentos em novas fábricas, expansão de unidades ou modernização de instalações. No total, foram gerados 17.843 novos empregos.

A indústria automotiva ajudou a dar o perfil da industrialização paulista. Um setor complexo com uma cadeia de fornecedores especializados e confiáveis. Que busca a racionalização das operações, através da inovação e de pessoas capacitadas. Um cenário desafiador se apresenta para o futuro e São Paulo está pronto para vencer os obstáculos e manter a liderança na produção de veículos no Brasil.

 

Programas de Incentivo

IncentivAuto

O Regime Automotivo para novos investimentos - IncentivAuto é o mais novo programa de incentivo ao setor automotivo paulista.

O credenciamento no IncentivAuto permitirá a obtenção de financiamento do Governo do Estado para viabilizar a implantação do projeto e expandir o seu capital de giro.

O contrato de financiamento poderá prever:

  • A concessão de desconto do saldo devedor para o pagamento antecipado das obrigações;
  • Descontos crescentes em função do valor do investimento do projeto, limitado a 25% do saldo devedor.

As condições para se beneficiar do regime são:

  • Investimento superior a R$ 1 bilhão;
  • Geração de, no mínimo, 400 novos empregos;
  • Aplicação do valor total do investimento em território paulista.

Pró-Veículo

Programa de incentivo fiscal que possibilita às montadoras instaladas em São Paulo a utilização de crédito acumulado de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para modernização de suas plantas, construção de fábricas e desenvolvimento de novos produtos.

O Pró-Veículo pode ser utilizado por fabricantes de máquinas, equipamentos e veículos automotores, detentores de crédito acumulado apropriado de valor igual ou superior a R$ 5 milhões, cujo investimento seja igual ou superior a R$ 30 milhões.

A iniciativa permite ainda a concessão, caso a empresa não possua crédito acumulado ou saldo credor de ICMS, mediante regime especial, de suspensão ou diferimento do imposto devido na importação ou na aquisição interna de máquinas e equipamentos destinados ao ativo imobilizado, de forma a desonerar os investimentos em bens de capital.

Veja também

Por que investir no setor automotivo paulista?

  • São Paulo é o 18º maior produtor de veículos do mundo.
  • Fabricou mais de 1,3 milhão de veículos em 2018 - 46% do total do País.
  • Maior Estado consumidor do Brasil – 29% da frota nacional.
  • Conta com uma vasta rede de fornecedores de peças e serviços.
  • Programa IncentivAuto
  • Programa Pró-Veículo.

 Clique aqui para baixar arquivo em pdf com mais informações sobre o setor.

Fale Conosco

Nós convidamos você a descobrir por que o Estado de São Paulo é a escolha certa para seu negócio. A Investe São Paulo está sempre pronta para atendê-lo de forma rápida, eficaz e gratuita. Saiba como a Agência Paulista de Promoção de Investimentos pode assessorar seu projeto em Nossos Serviços ou entre em contato pelo Fale Conosco.