Infraestrutura

Principal estado produtor e consumidor da América Latina, São Paulo conta com a maior e melhor infraestrutura do Brasil. Em um País que depende majoritariamente do transporte rodoviário, a qualidade das rodovias e a intermodalidade representam os diferenciais competitivos de São Paulo. Sua infraestrutura impulsiona as exportações paulistas.

Os entroncamentos multimodais permitem integrar o transporte por rodovias, ferrovias e sistema hidroviário até os portos de Santos e São Sebastião e os aeroportos de Campinas e Guarulhos. A Hidrovia Tietê-Paraná, além de ligar São Paulo a outros quatro estados brasileiros, também leva os produtos paulistas a nações vizinhas, como Argentina, Paraguai, Uruguai e Bolívia.

Em 2012, o Porto de Santos movimentou 104,5 milhões de toneladas de carga, 7,5% a mais que no ano anterior. No total, 5.595 navios atracaram no porto santista no período. Os sólidos a granel respondem pela parcela mais significativa do total (48,5%), seguidos pela carga geral (36,3%) e líquidos a granel (15,02%). Já o Porto de São Sebastião, em seu cais comercial público, movimentou 872 mil toneladas em 2012, com destaque para granéis sólidos como barrilha, sulfato de sódio e cevada. Os dados são da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp)

Tanto para o mercado interno quanto o externo, a infraestrutura de transportes garante a São Paulo indicadores que o transformam na maior potência econômica do Brasil e uma das maiores da América Latina.

Veja também

Venha investir em São Paulo

A Investe SP está sempre pronta para atendê-lo de forma rápida, eficaz e gratuita. Saiba como a Agência Paulista de Promoção de Investimentos pode assessorar o seu projeto em Nossos Serviços ou entre em contato com nossos especialistas no Fale Conosco.